Chihiro, pés e mãos vs. "peitões": por mais charme nas beldades dos games

Enviado por: Fernando Katayama
10/12/2011 05:22:52 5 / 0

Fernando Katayama

Da Redação

Se você pudesse escolher a parte do corpo de alguma beldade dos games para investir milhares de polígonos ou sprites em sua construção, qual parte seria?

A sua resposta eu não sei, mas uma boa parcela da indústria parece sempre acreditar que os peitos e bumbuns das garotas digitais merecem muito mais atenção do que qualquer outra parte. Como capítulo de um sonho pela futura e melhor distribuição de charme nas personagens de games, trago Chihiro (protagonista do desenho animado japonês A Viagem de Chihiro) e seus pés e mãos muito bem desenhados como exemplo de resistência contra a sexualidade meramente superdotada, mas ainda não cem por cento explorada, de algumas beldades virtuais:

São exemplos de personagens "avantajadas" Selvaria Bles (Valkyria Chronicles), Sophitia (Soul Calibur), Taki (Soul Calibur), Mai Shiranui (King of Fighters), Anna Williams (Tekken), Angel (King of Fighters), Setsuka (Soul Calibur), Shiki (Samurai Shodown), Ayane (Dead or Live), Felicia (Darkstalkers), Ivy (Soul Calibur), Chun Li (Street Fighter), Morrigan Aensland (Darkstalkers), Kitana (Mortal Kombat), Lara Croft (Tomb Raider) e Tifa Lockhart (Final Fantasy). Essas são apenas algumas mulheres já consagradas entre os gamers que poderiam se beneficiar com uma realidade para além do silicone.

O argumento de Chihiro, assim, visa erguer a seguinte reflexão: o charme dessas personagens tidas como sexy ainda não atingiu o nível máximo não pela falta de qualidade das partes que elas já conseguiram esconder de forma estratégica, mas pelo pouco apelo que recebem suas partes naturalmente visíveis, como os pés e as mãos.

Vou procurar me ater aos pés e mãos porque acho o exemplo de Chihiro muito bom, um deleite visual para quem gosta de apreciar detalhes físicos de personagens. Os desenhistas e animadores de A Viagem de Chihiro, dirigidos pelo lendário Hayao Miyazaki (Studio Ghibli) no início deste século, têm muito a ensinar no que diz respeito a conferir personalidade a figuras animadas partindo das extremidades de seus corpos.

Quando um observador atento percebe a importância dos pés e das mãos para a composição do charme de seus personagens, logo nota que essas partes não foram feitas apenas para segurar coisas e andar. De forma geral, os jogos trazem heroínas ou vilãs com pés que servem apenas de apoio às andanças pelo cenário, aos golpes e às cenas aquáticas (sem contar aquelas que nadam completamente vestidas); no caso das mãos, elas acabam servindo para segurar armas brancas, armas de fogo ou digitar senhas... Enfim, esses tipos de coisas superficiais.

Já se sabe que é muito difícil desenvolver detalhes físicos dos personagens, ainda mais quando a plataforma a receber o game não possui recursos gráficos excepcionais. Mas é interessante observar que a solução "peitos enormes e bumbuns avantajados" pode, sim, deixar de ser "a arma número um" dos produtores para chamar a atenção dos jogadores, dando lugar à exploração do charme como um todo.

Charme não é só fazer com que as divas virtuais caprichem nos itens de vestuário, trocando-os todos os anos; não é só desnudar ou esconder partes de forma estratégica em cada nova participação delas em lançamentos; e, além do mais, não basta só aumentar o volume dos seios ou recauchutar o bumbum para hipnotizar os fãs.

Charme é uma composição indecifrável. É algo que a personagem tem, mas cujos detalhes não podem ser descritos com exatidão. A partir desse ponto, o pé de Chihiro começa a fazer sentido.

No meio de toda a trama vivida pela garota pré-adolescente em A Viagem de Chihiro, diante das dificuldades mais bizarras --e bizarro, nesse desenho animado, é bizarro mesmo--, as linguagens corporais sempre dão um toque especial às cenas. Quem assistiu ao desenho pode rodá-lo novamente para perceber a maneira como Chihiro segura o bolinho de arroz dado por Haku para pôr fim a sua fome, como ela articula os dedos dos pés em sinal ao nojo que sentiu por provar o bolinho ruim que pegou do Espírito do Rio ou como ela corre descalça pelo chão liso quando está trabalhando para a casa de banhos de Yubaba.

São só alguns exemplos em que é possível ver a sensibilidade da equipe de Miyazaki para fazer partes do corpo muitas vezes esquecidas na arte despertarem e dialogarem com as emoções das personagens.

O trabalho com os pés e as mãos de Chihiro daria uma produção à parte. Nota-se que foi algo muito bem estudado e, embora não exista um making of especificamente sobre isso no disco do filme a que eu tive acesso, há uma parte que comprova a obsessão do estúdio por detalhes: alguns minutos são dedicados a contar como a equipe de desenhistas e animadores observaram cães de verdade a fim de recriar o movimento de mordida para um dos monstros que aparecem no desenho.

Bem, é certo que Chihiro carrega a inocência de uma criança; mas as mulheres já consideradas símbolos sexuais pelos jogadores podem ganhar um charme inédito quando seus produtores conseguirem distribuir melhor os recursos visuais provenientes de novas tecnologias, cuidando para que diferentes partes do corpo recebam tanta atenção quanto um par de seios ou bumbum.

Antes que as mais lindas personagens dos games fiquem totalmente desfiguradas pagando o preço de uma evolução fútil, recheada de muito marketing e pouco charme, percebam, produtores, que há partes muito nobres do corpo de cada uma delas a serem exploradas de forma inteligente.

Lembrem-se: produzir pés e mãos para que beldades virtuais apenas andem ou segurem objetos é pedir para aumentar cada vez mais o tamanho dos seios e bumbuns dessas pobres garotas.

Desse jeito, elas vão explodir com tanta artificialidade.

Chihiro e Mai Shiranui

Montagem com ilustração de Ueyama Michirou.

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
Parisberry em 22/12/2011 11:20
é assim se se cultiva as mulheres? '-'

-zoa
0 / 0
JT14 em 21/12/2011 07:39
Agora eu vou jogar com apenas uma de minhas mãos hehhe
0 / 0
Felipe2345 em 16/12/2011 20:31
Minha prima tem o DVD desse desenho aí.
0 / 0
Tacconi/Onishuaaas em 13/12/2011 16:35
TACCONI disse:
Fico com as mãos e pés de Chiriro...
Chihiro*
0 / 0
Tacconi/Onishuaaas em 12/12/2011 14:37
Fico com as mãos e pés de Chiriro...
1 / 0
J.K.K. Takakura em 12/12/2011 12:52
Otima postagem muito boa mas os peitos por algum motivo me atraem mais u.u
Death Angel o The Kid e expecialista nisso.

Takakura
0 / 0
vitor-kun em 11/12/2011 21:01
realmente fairy tail tem uma grande coleçao de vcs sabem o q né
0 / 0
IV em 11/12/2011 13:39
fala isso dos pés e das mãos para as "meninas super poderosas"!
kkkkk
0 / 0
Sora em 10/12/2011 21:09
Édi_rpg disse:
Alguém ai já viu Fairy Tail?!?! Aquilo sim é praticamente um Hichi.
fairy tail lucy-chan tudo de bom!
1 / 0
MrGame em 10/12/2011 12:30
Eu tenho bons argumentos contra isso e....
OH GOD! PEITÕES!
1 / 0
kurosaki Ichigo em 10/12/2011 10:19
Ash Gabriel disse:
Apesar de tudo isso ainda acho que e melhor investir nos peitões *¬*
kkkkk concordo chama mas a atenção dos gamers
1 / 0
Ash Gabriel em 10/12/2011 09:11
Apesar de tudo isso ainda acho que e melhor investir nos peitões *¬*
1 / 0
Édi_rpg em 10/12/2011 09:11
Alguém ai já viu Fairy Tail?!?! Aquilo sim é praticamente um Hichi.
0 / 0
xxxdevilxxx em 10/12/2011 08:03
wow, que grandões! hahaha!!!
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Top Games
Estamos no Facebook