O lado B da série "Resident Evil"

Enviado por: sergio sampa
11/01/2011 12:53:34 4 / 0

A série que praticamente inaugurou o estilo "Survival Horror" nos consoles é uma das mais famosas da Capcom atualmente. Os principais jogos da série continuam seguindo o mesmo roteiro desde o primeiro jogo.

As reviravoltas e acontecimentos importantes todos já conhecem. Mas e os jogos secundários? Aparentemente, eles não são tão conhecidos. Por isso vamos falar um pouco deles aqui!

RESIDENT EVIL OUTBREAK


Na geração passada, a série "Resident Evil" havia se tornado exclusiva do Gamecube. Com isso, os donos de PS2 e Xbox não puderam, por um tempo, jogar os novos títulos. Mesmo assim, a Capcom lançou para PS2 os dois games, "Resident Evil Outbreak" e "Resident Evil Outbreak: File 2".

Nesses jogos suas histórias não são canônicas, ou seja, não fazem parte da cronologia oficial da série. Ainda assim, elas ocorrem entre os eventos de "Resident Evil 2" e "Resident Evil 3".

O principal atrativo do jogo era poder jogar on-line. Nenhum dos oito personagens selecionáveis eram conhecidos. Cada um tinha uma vantagem própria. O policial Kevin Ryman, por exemplo, carrega mais armas com ele e o médico George Hamilton possui mais itens de cura.

Se você optar por jogar sozinho, a IA controla os outros personagens e você pode pedir ajuda ou itens para eles, além de poder dar itens também. Nesse modo cada personagem mostra sua personalidade. O policial, por exemplo, pega todos os tipos de armas e munição que encontra, o médico foge na hora que o pau come com os zumbis e ajuda somente a garçonete que está em perigo (fujão mulherengo). E falando em garçonete, ela lembra muito a King do jogo "The King of Fighters", e o policial é a cara e o focinho do Tom Cruise.

Um problema que afeta os dois jogos são os loading times muito demorados. Durante o jogo, você tenta constantemente escapar dos zumbis que vêm por todos os lados e as telas de carregamento quebram o clima de tensão. Muitas vezes você está num local fechado com muitas portas, e cada porta demora uma eternidade para carregar a próxima sala, e isso acaba desanimando um pouco. Para quem está acostumado com o novo estilo dos "Resident Evil 4 e 5" isso pode ser um problemão.

Mesmo assim, é um jogo divertido e te faz revisitar alguns cenários conhecidos, como o laboratório da Umbrella e a delegacia de Raccoon City, ambos vistos em "Resident Evil 2". O jogo é dividido por fases, o que ajuda a não perder o progresso do jogo, já que os saves são temporários.

GUN SURVIVOR


Essa outra ramificação de série "Resident Evil" abandona o estilo padrão, tendo uma visão em primeira pessoa. O primeiro game "Resident Evil Survivor" saiu para PlayStation em 2000. A versão japonesa tinha suporte à pistola GunCon da Namco, mas essa opção foi retirada da versão americana. Na versão para PC pode-se utilizar o mouse como mira.

Durante as fases, a câmera fica em primeira pessoa e, ao segurar o botão de mira, a tela trava para que você possa colocar a mira em qualquer ponto da tela, como nos jogos de tiro de fliperama estilo "Virtua Cop". Por ser totalmente em 3D, alguns personagens tinham um baixo número de polígonos, pois esses eram gastos para fazer os ambientes. No geral, apresenta monstros dos dois primeiros "Resident Evil" da série clássica e acontece após "Resident Evil 2".

Você joga com Ark Thompson, um detetive amigo de Leon, que vai de helicóptero para a ilha Sheena atrás de informações sobre a Umbrella. Durante o voo, o helicóptero é atacado mas o detetive Ark sobrevive. Infelizmente, no acidente, ele acaba perdendo a memória.

Na ilha Ark é tratado por "Vincent Goldman" e isso acaba confundindo-o. Próximo ao fim do jogo, ele acaba encontrando um laboratório da Umbrella e descobre que Vincent era um cientista cruel que raptava pessoas para fazer experimentos biológicos. Ark resgata os irmãos Lott e Lily Klein e, no final, eles conseguem achar um helicóptero para escapar da ilha dentro de um laboratório da Umbrella. Infelizmente, eles são atacados por uma forma mais poderosa do Tyrant conhecido como Hypnos T-Type, que os persegue até o fim.

"Resident Evil Survivor" no geral é um jogo mediano. Lembra um pouco os primeiros "Resident Evil" e a câmera em primeira pessoa deixa os combates um pouco mais desafiadores.

O segundo game é o "Resident Evil Survivor 2: Code Veronica". Primeiramente ele saiu para fliperamas e depois foi adaptado para o PS2. O jogo basicamente mostra acontecimentos do canônico "Resident Evil Code: Veronica", com uma perspectiva em primeira pessoa. A diferença é que tudo não passa de um pesadelo de Claire, em que ela está relembrando momentos do passado, e todas as mudanças que ocorrem durante as fases não passam de sonho.

Os gráficos são os mesmos de "RE: Code Veronica" e a jogabilidade mantém a mira fixa no centro da tela, você move apenas o personagem. Basicamente, o jogo é um FPS no estilo arcade, com tempo limite para passar as zonas das fases vidas e "Continues". Você é constantemente ajudado por Steve e o jogo termina quando eles escapam da ilha Rockfort com o avião. "Gun Survivor 2" foi desenvolvido pela Namco, em parceria com a Capcom. A menção honrosa vai para Nemesis que aparece nesse game como um dos chefes de fase! "STAAAAARS"!

"Gun Survivor 3: Dino Crisis" não teve ligação com "Resident Evil". Como diz seu nome, ele foi baseado na outra série de Survival Horror, "Dino Crisis".

O último da série é "Resident Evil Dead Aim", conhecido como "Gun Survivor 4: Bio Hazard" no Japão. Aparentemente, como a série "Survivor" nunca foi um grande sucesso nos EUA, possivelmente a Capcom alterou o nome do jogo para "RE: Dead Aim" no lançamento americano, aproveitando que o jogo tem uma nova mecânica.

Você joga com Bruce McGivern, um membro do US STRATCOM (Comando de Forças Estratégicas dos EUA) e ele tem a ajuda da chinesa Fong Ling, uma agente da "Chinese Safety Division". Ambos estão no barco "Spencer Rain Cruiser Ship" à procura de uma amostra do T-Virus, que foi roubada de um laboratório da Umbrella em Paris.

A câmera nesse game fica em terceira pessoa, mudando a visão para a primeira quando você mira. Os gráficos são muito bons e lembram um pouco os de "Resident Evil 4" para o PS2, sua iluminação dos ambientes é bem feita e as texturas bem realistas. Os cenários não são muito carregados de inimigos. Não existe muita munição disponível no game, mas isso não é um problema pois é fácil passar por zumbis sem ser pego.

Bruce McGivern e Fong Ling descobrem que a infecção do vírus do navio foi culpa do cientista de pesquisas da Umbrela a bordo, Morpheus D. Duvall. Ao encontrá-lo, ele escapa para uma ilha. Na segunda parte do game, Bruce e Fong partem atrás de Morpheus e chegam num laboratório localizado no centro da ilha. Como sempre acontece, no fim do game, tudo vai pelos ares.

Este não é o "Resident Evil" mais original, mas tem uma jogabilidade bem sólida e belos gráficos para o padrão do PS2. Ele funciona numa engine modificada de "Quake 3" e merece uma jogada se você já tiver terminado os "RE" atuais.

BETA
Comente pelo facebook
Último está em cima - alterar?
O que já falaram
0 / 0
Ash Gabriel em 28/07/2011 19:41
Esse RESIDENT EVIL OUTBREAK e muito ruim!
eu tenho ele no meu PS2 o jogo e horrivel nao tem nem graça!
0 / 0
THE MASTER em 24/03/2011 23:45
interessante muito interessante
0 / 0
Renato12 em 23/03/2011 19:21
Muito Maneiro.
0 / 0
zodiac em 23/03/2011 14:38
Nossa muito legal XD!
0 / 0
weslley em 22/01/2011 13:54
Ri sen dente Evil e show
0 / 0
Redman em 17/01/2011 23:16
É leon
e não lion , pois assim em francês é leão
0 / 0
LadyMurphy em 15/01/2011 19:12
Esqueci
Lion S2S2S2S2
0 / 0
LadyMurphy em 15/01/2011 19:11
adolo resident.
o ultimo q eu joguei foi o 4, um dia eu jogo o cinco, quem sabe rsrsrs
1 / 0
Redman em 15/01/2011 12:20
Fiz uma matéria mais completa lá no gamelib sobre esse assunto a muito tempo. que se chama montando as peças da crornologia.inclui um pouco que ele falou e ainda mais!!!!
Não vou ficar louco pois não tem só eu que gosto da série e todos tem o doreito de postar o que querem da série.
1 / 0
Parisberry em 15/01/2011 12:02
Ai se o Redman ver isso...
Ele fica louco da vida....
1 / 0
sergio sampa em 11/01/2011 18:10
Tá exigente hein?
Duvido você achar onde está escrito assim no texto!
(kkk... eu já arrumei!)
1 / 0
MrGame em 11/01/2011 15:31
Incrível essa matéria. Outbreak foi mesmo um pé no saco, pois ninguém sabia o que fazer.
Enfim, tem um erro no texto. Eu um trecho você escreveu "Resident Evil Survior".
Ninguém faz o copidesque não?
1
Faça login ou cadastre-se
Envie seu comentário
Top Games
Estamos no Facebook